Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

sexta-feira, 25 de julho de 2008

MELHORANDO OS ARLEQUINS RECESSIVOS.

Por: Julio Cesar Dutra, criador de Periquito Inglês

Chamamos de arlequins (ou arlequíneos) todos os periquitos que apresentam como característica principal o corpo e as asas “malhados”. O primeiro arlequim recessivo surgiu por volta do ano 1932 na Dinamarca e por isso é conhecido como arlequim Dinamarquês, principalmente na Europa.


O AR (arlequim recessivo) juntamente com o claro de olhos pretos (cop) e os fulvos ingleses, são as únicas variedades que não apresentam a íris branca, possuindo olhos completamente negros. Esta característica é muito importante para diferenciá-los de alguns AD (arlequins dominantes).




Os ARs (arlequins recessivos) são periquitos de menor porte, e ainda pouco trabalhados neste desenvolvimento. Os iniciantes, na intenção de obter maior número de Ars, acabam acasalando AR com AR. Não é proibido este acasalamento, mesmo porque terá toda a prole de recessivos, mas pelo fato de que não acrescentaria nada de melhor no periquito. Devemos primar pelo melhoramento de cada mutação e no futuro poderemos ter recessivos com o mesmo porte e a mesma desenvoltura dos ditos "normais" e dominantes. Por esse fato devemos cruzar um Ar com um normal, dos melhores que tivermos. Desta feita conseguiremos toda uma prole de portadores de AR. Á partir destes portadores, daí sim, cruzar com ARs e os novos filhotes ARs nascerão maiores e melhores.


Como orientação do comportamento desta mutação apresento o quadro abaixo:




Muitos normais/AR ( /esta barrinha siguinifica portador) apresentam uma mancha clara atrás da cabeça, são chamados split e são os melhores portadores á serem utilizados. Os que não apresentarem esta marca deverão ser cadastrados, para que conste em seu pedegree o fato de serem portadores de AR, caso contrário não teríamos como saber.

Estes portadores são criados esclusivamente para melhorar os ARs e não devem ser aproveitados para voltar a acasalar com os normais, pois assim como ele soma para os ARs ele diminui para os normais.


CONCLUSÃO: Cada vez que no acasalamento aproximarmos o recessivo do normal portador, perdemos em quantidade de recessivos na ninhada, porém ganhamos no porte (qualidade) naqueles que nascerem ARs. Caso contrário ( AR X AR ) ganharemos em quantidade, mas não estaremos melhorando nossos recessivos.


LEIA MAIS:

As cores nos periquitos australianos.

Como criar somente periquitos brancos?

O FATOR ESCURO

BELEZA X QUALIDADE

10 comentários:

acayra disse...

Olá,
Achei bem interessante seu blog, fora que é uma graça estes periquitos, quando era criança meu avô tinha vários.
Acredito que eles são lindos, e muito mais lindos se estivessem soltos, eu sinto dó de vê-los presos.
Mas cada um é cada um.
Grande abraço.
Camila - Acayrã do Deserto

jcesardutra disse...

Valeu Camila ! Eu também penso como você, gostaria de todos soltos. Porém o bicho homem já envenenou as águas dos córregos com os agrotóxicos das lavouras, as sementes naturais (capins e gramas silvestres ), com os terríveis herbicidas. Devido o desequilíbrio ecológico ja´existentes entre os predadores, os periquitos não teriam a menor chance soltos. Por isso, quem os ama e quer preservar esta espécie maravilhosa, deve criá-los em locais adequados dando oportunidades para voarem e procriarem com segurança, mesmo que seja em nossos criadouros. Abraços, paticipe sempre. JULIO.

Anderson disse...

tenho 3 casais de periquitos australianos e eles tao com a ponta do bico parece que ta quebrando sera sarna?
pois tive um q tava co o bico quebrado(rachando e troquei na cas de aves , sera q ele contaminou os restantes?

jcesardutra disse...

Anderson, a sarna não detona assim tão rápido. Vai roendo vagarosamente, esfarelando e até pode quebrar, porém tem cura fácil (vide meu artigo sobre sarna). É tipo uma lépra, o aspescto é um tanto repugnante, porém repito, é bem fácil de tratar. Continue lendo meus artigos, deverei estar publicando fotos de aves com sarna logo em seguida.

fahrni,dhena,piglle,molle disse...

que lindo

Gabriel Capeletti disse...

Ola, não sei se possivel, mas comecei a pouco tempo a criar Periquitos e como faço para saber a cor dos futuros filhotes de uma femea albina e um macho azul. E também de um casal verde.

Erique disse...

Como uma das perguntas anteriores, eu tenho alguns casais de periquitos
australianos, e alguns tem a parte exterior da narina bem escura e trincada,
oq pode ser? E como tratar?

mikaelly disse...

Queria saber se pode acasalar os filhotes de apenas 1 mes,
pois o pai dos filhotes ja fica querendo subir em cima.
O que devo fazer ? tenho que tira o pai ?
Obrigado pela atenção .

jcesardutra disse...

Mikaelly tem que separar sim pois o pai vai acabar machucando o filhotinho que para acasalar terá que ter no mínimo 8 meses. Porem tem que ficar de olho para ver se a mãe o alimenta, ou ele já esta se alimentando sozinho? Se tiver melhor .

mikaelly disse...

valeu pela dica !!!
o pai e a mae ainda da comida pra eles
mas eles ja estao aprendendo a comer sozinhos.
brigado pela dica.
bjs

Ocorreu um erro neste gadget