Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

FASES NA ALIMENTAÇÃO: Situações diferentes alimentação adequada.

Através de e-mails diariamente recebemos perguntas e questionamentos que procuramos responder com orientações e sugestões, que se transformam em dicas muito importantes para os criadores iniciantes. Estes que muitas vezes não fazem idéia das necessidades básicas dos periquitos.

Lendo o e-mail da leitora Carolina Granja, da cidade de Natal, RN captei a importância de uma melhor orientação haja visto que a Carolina labuta na área de cuidados e criação de animais. Cada criador experiente tem sua receita para a alimentação dos periquitos, mas para nós a preocupação é com o criador de primeira viagem, para que tenha um rumo á seguir. Desta forma montamos um esquema simples, inicial, mas que deverá ser de grande valor.


FASES NA ALIMENTAÇÃO

1 - Periquitos adultos aguardando em voadeira, sem previsão de serem colocados para reprodução.

Nesta situação eles precisam apenas de uma alimentação de manutenção e com os cuidados para não engordarem além do necessário. Nesta fase devem ser evitados alimentos como girassol, aveia, farinhadas e qualquer outro alimento muito calórico. Podem ficar com a mistura de alpiste, painço, níger numa proporção de 6/3/1. Deverão comer folhas verdes, areia cálcio e muitos banhos com uma ou duas gotinhas de iodo na água. (nesta fase observa-se a situação de vermifugação)


2 - Periquitos adultos que serão utilizados para a reprodução em breve.

Praticamente a mesma recomendação anterior, porém com algum complemento na água do bebedouro. Eu recomendo revitalizantes como o Alcon, o Nutramix da Piusana ou outro que contenha elementos essenciais como vitamina A, D3, E, cálcio, metionina e outros. Isto vai dar uma preparada para as perdas que ocorrem durante a reprodução principalmente nas fêmeas. Tudo sem excessos, seguindo corretamente a orientação do fabricante.


3 - Periquitos que estão na postura e ou criando filhotes.

Nesta fase alem da mistura de grãos é importante adicionar uma boa farinhada, ovo cozido e uma porção de aveia descascada em grãos para periquitos. Com o nascimento dos filhotes fica proibido colocar medicamentos ou vitaminas na água do bebedouro. Tudo deve ser fornecido através da comida. Nesta fase eles dão muita água aos filhotes que acabam intoxicados pelos medicamentos e vitaminas. ( Qualquer medicamento que precisar ser colocado na água tem que ter a orientação de um veterinário )


4 - Filhotes novos recém retirados da gaiola dos pais.

Estes filhotes que acabaram de ser separados dos pais, e portanto já comem sozinhos, não devem ficar em um ambiente com outros adultos. Tem que ficar com filhotes novos, numa voadeira pequena e com a mais variada oferta de alimentos e água. Muitos filhotes ou até mesmo adultos que são colocados em outra gaiola devem receber atenção especial para os bebedouros, pois muitas vezes não os encontram e morrem de sede. (Acontece!) Eu costumo colocar pequenos potes com água no fundo da gaiola até que se adaptem com a nova situação. Neste momento é importante colocar alimentos moles para que tenham facilidade em comê-los. Maçã, milho verde, farinhadas mais úmidas, muita aveia e pedaços de pão, de preferência integral e nunca umedecido em leite. Depois dos três meses já é necessário cuidar (diminuir) das variedades para que não cresçam obesos.


5 - Filhotes com mais de quatro ou cinco meses e jovens adultos.

Para estes a alimentação volta ao normal de manutenção e necessitam uma voadeira maior para se exercitarem bastante. Quando se trata de periquitos de exposição, os criadores profissionais têm seus macetes particulares adquiridos através de sua experiência e agem conforme as maiores necessidades para formar um campeão.

6 - Em todas as idades

Periquitos temem o frio e as correntes de ar, precisam de higiene, vermifugações e revitalizantes. Precisam de espaço maior para se exercitar quando não estiverem nas pequenas gaiolas de cria. Quando criados com carinho prosperam, se criados apenas para o lucro fica difícil.

Leia mais:

Vídeo - Alimentando Filhotes

Cuidados para a comida não ficar em baixo dos poleiros.

Vídeo: Alimentando Filhotes de Periquitos

Grit - A IMPORTÂNCIA DA AREIA NA DIETA DOS PERIQUITOS.

11 comentários:

Anônimo disse...

como voces bota aquela caixa do ninho pra fora, tem gaiola que ja vem assim ou tem que mandar cortar a gaiola? e se voces ja comprarem assim a gaiola quanto custa?

Julio Dutra disse...

Quando colocar a caixa ninho do lado de fora da gaiola tem que prestar mais atenção ao erguer a tampa para observar o interior do ninho, pois os pais podem se assustar e acabar fugindo, ou mesmo um filhote que já consiga voar. Apesar de que este não deve ser um motivo para não usar a caixa por fora. Com a caixa por fora sobra mais espaço interno na gaiola e isto é muito bom para eles. Algumas gaiolas vêm com uma porta nas laterais, então basta retirar esta porta e adaptar a caixa. Quando isto não for possível, então tem que cortar três ou quatro varetas de modo a ficar espaço suficiente para entrarem e saírem da caixa ninho. Com um alicate corta-se a vareta no meio do espaço e com movimentos de vai e vem elas soltam certinho na solda as duas pontas.

filipe disse...

Júlio, tenho actualmente 24 periquitos e eles comem que nem uns leões??XD
O que posso fazer para eles não comerem tanto às vezes comem 2 kilos de mistura por semana!!!

Abraços

Julio Dutra disse...

Filipe a idéia é esta mesmo, quanto mais comerem mais saúde terão e melhor reproduzirão. As aves são os animais mais vorazes conhecidos. Eles comem o tempo todo e é por isso que quando adoecem e passam um dia sem comer fica muito difícil recuper-a-los. Para diminuir as despesas, ou reduz o número de casais ou colocas as caixas ninhos e começas a vender filhotes. Não tem outra forma. Deves comprar alpiste painço e niger á varejo e preparar a tua mistura, pois quando se compra mistura pronta pode sair mais caro, mas nada. Abraço, Julio

valeria disse...

ola meu periquito teve filhote hoje dia3 de junho de 2010 . como esses filhotes se alimentam a mae da comida pra eles ou tenho que comprar algum tipo de comida ou vitamita pro filhote aguardo resposta obrigado ASSVALERIA DO RJ

Julio Dutra disse...

Valéria normalmente a mãe alimenta os filhotes com a ajuda do pai. O que podemos fazer é melhorar a oferta de alimentos para que o casal tenha mais facilidades em alimentá-los. Tipo: Farinhadas com papa de ovo, ovo cozido amassado com cenoura e beterraba ralada, aveia em grãos para periquitos, folhas verdes, etc.
Nos primeiros dias por serem muito pequenos e por falta de experiência de algumas fêmeas, elas deixam de alimentar filhotes que acabam morrendo. É importante pegar os filhotinhos na mão e observar se tem alimentos no papo, mesmo que seja apenas uma espécie de leite. (leite do papo), é que algumas fêmeas não produzem este leite no início. Então, caso o papo continue sem nada até o final do dia, devemos oferecer papa para filhotes (alcon), por exemplo. Esta papa é vendido em forma de pó bastando colocar água morna e com o auxílio de uma seringa colocamos no bico algumas gotinhas para que o filhotinho vá engolindo. (Tem que pegar o filhotinho na mão para alimentá-lo). Coloque-o na palma da mão, protegendo com os dedos e com a outra mão use a seringa diretamente no bico. Devagarzinho ele vai aceitando e engolindo a papa que é bem líquida no início. Dois ou três dias depois o filhote estando um pouco maior e mais forte o suficiente para pedir comida aos pais que então começam a alimentá-los e dispensam nossa ajuda.

Anônimo disse...

Tem como nascer um periquito ingles do acasalamento de australianos comuns?

Julio Dutra disse...

Sê não fosse possível não estaríamos com os nossos periquitos de exposição hoje, os chamados padrão inglês. Foi este o trabalho feito pelos ingleses, porém somente com um trabalho científico fazendo surgir novas mutações. É um método de observação e seleção dos exemplares melhores e ir cruzando entre si. Com certeza exige muito conhecimento genético. Pra nós, os mortais comuns é muito mais prático, rápido e barato começar com os ingleses que já existem.

Anônimo disse...

Gostaria de saber qual é o tipo de alimentação para se criar um filhote de periquito australiano dando esse alimento com a ajuda de uma seringa como vir nos videos?

Julio Dutra disse...

Aproveito o espaço para divulgar o novo e-mail, pois o outro foi perdido então estamos atendendo por:

julio@vidadeperiquito.com.br

Julio Dutra disse...

Para alimentar filhotes na seringa ou no conta gotas ou com uma colherinha devemos usar a papinha pronta da ALCON, bastando pra isso acescentar água morna conforme á bula.

Ocorreu um erro neste gadget