quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Gaiolas com as caixas acopladas por fora para obter mais espaço.

O criadouro Vida de Periquito utiliza o sistema de caixas ninhos grandes e acopladas por fora da gaiola, disponibilizando assim maior espaço para o casal. Existe no mercado um preguinho com a cabeça em forma de éle (L) que facilita bastante fixar a caixa na parede da gaiola.

21 comentários:

Antonio Carlos disse...

Júlio, gostei da idéia, muito prático e facilita a inspeção do ninho. Gostaria de saber quais as dimensão da gaiola que você utiliza e onde posso encontra-las, se puder me passar um valor estimado para aquisição também seria ótimo.

Obrigado,

Antonio Carlos

Julio Dutra disse...

Antonio Carlos eu uso as gaiolas de 70X35X50, mas tenho umas um pouco maiores também. Quando se tem bastante espaço e poucos periquitos o ideal é quanto maior a gaiola melhor. Daí então as gaiolas para agapornes são ótimas. Atualmente há criadores criando com gaiolas bem menores e isto exige que depois de três rodadas os periquitos sejam transportados para uma voadeira grande para se exercitar. Faz tempo que não compro, mas são caras, na base de 70,00 reais cada.

Marlon disse...

Se tem um lugar que eu gosto de visitar quando estou em Floripa é esse aí da foto. É um privilégio poder ir lá espiar as aves do Júlio. Recomendo.

OVOFERTIL disse...

GOSTARIA DE SABER QUE MEDIDA VOCÊ USA PARA AS CAIXAS.

Julio Dutra disse...

Valeu Marlon, a visita esta as ordens e já temos novidades nas voadeiras.Os filhos do asinha do Fulvio não estão deixando nada a desejar.

Julio Dutra disse...

Respondendo sobre as medidas de minhas caixas ninhos, este ano estou criando com caixas de: 29 X 15 X 18 cm. Quinze é a altura. Parece muito grande, mas é bastante prática muito confortável para eles.

Antonio Carlos disse...

Valeu Júlio, muito obrigado pela informação, eu estou criando em algumas gaiolas criadeiras de canários que eu tinha em casa de aproximadamente 63X28x37, tenho 5 casais, um opalino verde claro x opalino verde escuro, um casal de lutinos, um Azul celeste x Opalino Azul cobalto, um asa canela celeste x verde claro e um diluído amarelo x azul (indefinida), esta fêmea tem o corpo claro metade azul claro e metade branco, as costa parece um opalino mas a marcação é azul forte (igual ao cobalto) e a metade das asas até as pontas brancas, você sabe que cor é esta ?
O Casal de opalinos já botou 2 ovos e os lutinos 1. É muito gratificante ve-los procriando.

Antonio Carlos disse...

Júlio, tenho outra dúvida, eu gostaria de obter um periquito albino e vi em site que através do acasalamento de um Macho Lutino com uma Fêmea Azul o resultado seria o seguinte:
25% Machos Verde/Azul, Lutino (ou Albino)
25% Machos Azul/Albino
25% Fêmeas Lutino
25% Fêmeas Albino

Você já utilizou este acasalamento ? Ele realmente dá estes resultados ?

Anônimo disse...

Ola julio sou eu novamente sou o ayslan o dos periquitos filhotes que morreram julio tenho uma duvida sobre a saude do meu periquito macho ele esta com o bico todos tipo trincada sabe e seco e meio quebrado e o da femea esta bonito e novo o que pode ter com o meu periquito macho esses dias ele estava com sarna fui passei SBP nos lugares com sarna e saro agora não sei o que a com ele pode me ajudar e seu site esta muito bom gosto muito dele porque ajuda nos criadores iniciantes muito obrigado ate mais.

Julio Dutra disse...

Antonio acho pequenas as medidas das gaiolas então o melhor para os teus periquitos é que a caixa ninho seja acoplada por fora.Não entendi bem a discrição desta fêmea, mas parece uma ADA opalina.

Julio Dutra disse...

Antonio Carlos isto que esta escrito é possível se o macho lutino for portador de azul, caso não seja, todos os filhotes machos deste casal serão verdes portadores de ino e azul e as fêmeas serão lutinas portadoras de azul.

Julio Dutra disse...

Ayslan a sarna costuma fazer este tipo de estrago no bico dos periqutos. É importante saber se esta realmente curado (se não estiver então pase de novo) e quanto a estar quebradiço eu recomendo passar sebo de carne bovina e limpar com um pano. Isto fortalecerá o bico, mas não deixe lambusado, só pase e retire o excesso com um pano vai ajudar bastante, passe duas ou três vezes por semana..

Antonio Carlos disse...

Valeu Júlio, muito obrigado pelas informações e parabéns pelo site, pois este é um canal de comunicação muito interessante para quem gosta da criação de periquitos. Até a próxima.

Antonio Carlos disse...

Júlio,
Boa noite, lhe enviei a foto da fêmea indefinida via e-mail, pois não sei como anexar fotos no site.

Julio Dutra disse...

Antonio tens ue anexar a foto ao e-mail e me mandar para jcesardutra@yahoo.com.br
Por enquanto não recebi a foto.

Emerson Guimarães disse...

Olá Júlio, blz? Me diz uma coisa: vi que vc coloca uma numeração na caixa ninho......pq vc coloca isso? deve ser para ter um controle, correto? Mas como é feito esse controle?

Obrigado e fique na paz.

Julio Dutra disse...

Emerson Guimarães eu coloco numeração nas caixas porque fica mais fácil de anotar todas as ocorrências com aquele casal durante a estação de crias enquanto estiverem juntos. A mesma numeração esta em um caderno onde reservo uma página para cada casal com o respectivo número da caixa. Sempre me refiro às caixas, é mais fácil para acompanhar com o caderno. Por exemplo: Levo o caderno para minha sala e vou ler e examinar as anotações feitas. Caixa 01 três filhotes, caixa 05 dois filhotes mais três ovos. Caixa 15 três filhotes da caixa 09. Nas folhas do caderno esta escrito a referência do casal, por exemplo: macho opalino verde claro DD 08 FOB 290 09. X fêmea normal celeste DD 28 FOB 290 08. Sempre me refiro ás caixas, fica mais tranqüilo para controlar. Cada filhote que for anilhado a referência de sua anilha estará nesta página. Portanto para montar o pedigree das aves precisamos ter tudo bem anotado, caixa, caderno e filiação.

Ayslan disse...

Júlio, sou Ayslan Barros de Maceió-AL, crio periquitos australianos, agapornis e calopsitas. Tenho algumas dúvidas sobre periquitos australianos:
1- Fêmea choca seus ovos separada do macho?
2- Tenho um viveiro grande e eles estão com dificuldades para reprodução em colônia, o que faço, separo os casais em outro viveiro ou deixo todos juntos para reprodução(obs.: eles estão pondo ovos, mas não estão chocando. Há um tipo de disputa entre eles, uns quebram os ovos dos outros)?
3- Fêmea choca ovos de outras fêmeas?

Julio Dutra disse...

Ayslan os casais de periquitos criam juntos e em viveiros criam melhor ainda. O que pode estar acontecendo é que devem ter fêmeas a mais do que machos e fêmeas sozinhas são um perigo, elas atacam as caixas da outras. Outra coisa também é o pequeno número de caixas ninhos. Num viveiro com casais de periquitos australianos deve sempre ter várias caixas sobrando para evitar os ataques. Casais em viveiros devem ser colocados todos de uma vez, depois que se estabelecer um equilíbrio a colônia esta completa e não pode ser colocado mais ninguém lá senão começam as brigas. Procure neste blog, tenho um artigo completo sobre casais em viveiros (colônias), mas em suma é isso: Caixas sobrando, número igual entre machos e fêmeas e todos de uma vez.

PAULO OCTAVIO disse...

Como vc acopla os ninhos vc abre a porta da gaiola e e coloca a "boca" do niho virada para a porta e como vc fixa o ninho?
Um abraço.

Julio Dutra disse...

Paulo Octavio eu retiro a porta lateral, (quando existe) e acoplo a caixa usando ganchinhos retos em ângulo de 90. Este ganchinho é um prego sem cabeça, porém com uma ponta reta de modo que fique pregado na caixa e se agarre na vareta horizontal da gaiola. Quando não existe a portinha lateral eu corto algumas varetas para que coincida com a entrada da caixa. Procurei na internet e o nome desse preguinho é prego de taco.

Compartilhe