Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A base das cores dos periquitos

UPDATE: (atualizado em 26/10/2009)


Só existem duas linhas de cor de periquitos: o verde, ao qual se inclui o amarelo, e o azul o qual se incluem os cinzas e os brancos. A linha verde é dominante, logo, se não portarem azul (ser filho de um pai ou uma mãe azul) seus filhotes serão todos verdes, e no teu caso o verde cinza, porque o cinza mistura com o verde.

O amarelo (lutino), amarelo de olhos vermelhos, só o macho pode dar uma filha amarela, mesmo sua fêmea sendo de outra cor. Mas quando se tem uma lutina (fêmea), ela não consegue passar filho (a) lutino com um macho de outra cor (cor normal). Porque esta mutação (lutino) é ligada ao sexo, é um caso onde só os machos passam. Para obter machos lutinos, ou albinos, somente com um casal de lutinos, ou albinos, ou uma fêmea ino com um macho normal portador de ino (qualquer outra cor). Porém, os filhos machos deste casal (o teu) serão portadores de ino (gene para o amarelo de olho vermelho, lutino, e para o branco de olho vermelho, albino, porque a mãe é lutina, ino).


Conchecendo esta e outras características genéticas (quem domina e quem é dominado) os resultados das proles podem até ser programados pois não fugirão a regra.


Ino .............................................lutino ou albino



Portador.......................................filho de pai ou mãe com aquela mutação



Verde............................................ dominante sobre o azul, anula, só permite amarelo



Azul...............................................dominante sobre o albino, porém combina, permite.



Normal....quanto a cor...........................qualquer cor que não seja albino ou lutino



Pra fazer lutino dar albino..............cruzar com azul, pois o branco vem do azul



Os filhos machos dos ino ............serão portadores de ino (não importa a cor deles)



Os filhos dos verdes com azul .......serão portadores de azul.



Os cinzas ........................................são considerados azul, procedem como tal


Tem que estudar não tem? Periquitos, mutações, genética em periquitos, herança ligada ao sexo, dominância, recessivos e vai por aí a fora. Ninguém em lugar algum do mundo sabe tudo, cada um sabe um pouco. E agente aqui procura colaborar um pouquinho também.



Leia mais:

As cores nos periquitos australianos.

AS CORES NOS PERIQUITOS AUSTRALIANOS

A mutação "ino", lutinos e albinos.

BELEZA X QUALIDADE

5 comentários:

Anônimo disse...

Nossa cara show de bola esse pequeno texto explicando.
Voces estao de parabens.
SEMpre acesso o vp!

Julio Dutra disse...

Valeu camarada, vamos ler á respeito porque tanto os periquitos como nós saímos sempre ganhando, abraços Julio.

Daniel D'Attilio disse...

Olá Julio, o macho é azul e a femea é amarela com olhos vermelhos, qual a cor dos filhotes.
Ela botou tres ovos e em qto tempo irão nascer?...e depois disso, posso alimentá-los de imediato ou tenho que esperar aguns dias.
Forte abraço;
Daniel

Julio Dutra disse...

Daniel, muita calma, uma coisa de cada vez, muita paciência e observação. Digo isso porque os periquitos estão sempre nos surpreendendo, pois acabam sendo portador de outras mutações e fatores que só vamos saber depois, através dos filhotes. Para acasalar um macho azul com uma lutina (amarelo de olhos vermelhos) sem saber se ele é portador de “ino” (gene para o lutino e albino) e sem saber se ela é portadora de azul é esperar apenas filhotes verdes (todos) sendo os filhotes machos portadores de ino. Portanto esta é a tua expectativa. Sê o macho azul for portador de ino, nascerão também lutinos machos e fêmeas, se ela a lutina for portadora de azul poderá nascer também albinos. E para entender bem como funciona deves estudar sobre as mutações ligadas ao sexo ou sexo ligado. Funciona ao contrário do ser humano, mas é matemática pura.
Tanto os “inos” como os asa canela, os opalinos e os rendados pertencem a esta mutação sexo ligado, estudou para um deles fica sabendo para os demais.

Julio Dutra disse...

Daniel não precisa alimentar os filhotes, o casal é que faz isso, somente se o casal não alimentar é que devemos interferir.

Ocorreu um erro neste gadget