Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

quinta-feira, 17 de julho de 2008

CRIAÇÃO DE PERIQUITO INGLÊS EM VIVEIRO - PARTE II


Criador de Periquito Inglês

Por: Julio Cesar Dutra, criador de Periquito Inglês

Deve ser evitada a superpopulação, pois isto acarreta stress devido as brigas ocorridas geralmente entre as fêmeas. Primeiro se define a quantidade de casais e só depois que estiverem em harmonia serão colocadas as caixas (todas de uma só vez). É melhor ainda que os casais sejam acasalados previamente em gaiolas antes de serem soltos no viveiro.



Quanto às caixas (ninhos) devem ser em número maior em relação aos casais, pois em caso de brigas as fêmeas expulsas tenham a opção de outras caixas. Estas devem ser colocadas rentes ao teto para que uma fêmea invasora não se beneficie em atacar por cima. As caixas devem ser colocadas em posição facilitada para uma inspeção diária para observação e higiene. Este tipo ideal de caixa (ninho) é de madeira e encontrada a venda no comércio, nas lojas de aves. É indispensável que tenham o fundo côncavo para os ovos não ficarem rolando e uma tampa que possa ser aberta para inspecionar o ninho. Devem ser limpas e inspecionadas com regularidade e escaldadas em água fervente ou lavada e flambada ao fogo após cada rodada de criação.





Atenção especial para os comedores e bebedouros que não devem ficar próximos (em baixo) dos poleiros. Estas e outras dicas devem ser estudadas e realizadas antes de colocar os periquitos, pois é bastante desconfortável (stress) para eles que fiquemos construindo melhorias quando já estiverem na fase de adaptação. Quando se quer um viveiro com apenas alguns casais para alegrar o ambiente sem se preocupar com produção é bem mais tranqüilo e menos trabalhoso, bastando para isto não fornecer ninho.



LEIA MAIS:


PERIQUITO INGLÊS: CRIAÇÃO EM COLÔNIA COLETIVA (VIVEIRO) Parte I


Voadeira externa,(viveiro)


DICAS DE CRIAÇÃO


20 comentários:

eduardo leandro baitz disse...

bom dia sr eu gostaria de saber se o sr vende e envia pra todo o brasil e qual e o preço eu queria 6 peças 3 feme e 3 machos sendo 1 casal violeta 1 arliquim violeta e 1 azul claro e qual o são as melhores cores pra criar meu muito obrigado fico esperando a sua resposta

jcesardutra disse...

Eduardo, agradeço o interesse mas infelismente não vou poder te favorecer, ainda não estou conseguindo vender para um mercado maior pois possuindo apenas 30 casais toda minha produção e vendida aqui mesmo em Florianópolis. As pessoas vem a minha casa e compram os periquitos que coloco a venda. Quanto a opção por violetas e Ars é um pouco ousado para iniciante. É mais fácil começar criando os normais verdes, azuis e os cinzas. Porém depende da pessoa ler e se informar a respeito dos outros, se tiver realmente interessado a estudar poderá cria qualquer um, só é mais trabalhoso. Abraços Julio.

francisco bicalho disse...

oi amigo.. poderia me dar algumas dicas para confecção de um viveiro ,, pois a criação em gaiola os periquitos ficam desconfortáveis e stressados...grato...

jcesardutra disse...

Francisco, são tantas as dicas que não querendo esquecer nenhuma delas, te convido para dar uma olhada no artigo "Criação em viveiro", (parte I e parte II), aqui mesmo neste blog. Onde fiz uma coletânea de cuidados a se observar. De uma lida, você vai gostar! Boa sorte!

BELEZA X QUALIDADE « Vida de Periquito disse...

[...] Criação de periquito inglês em viveiro, parte II [...]

debora disse...

gostaria de saber se minha fêmea abandonou seus filhotes...ela n entra mais no ninho e os filhotes piam muito até a noite! antes eu os via entrando na casinha...agora só ficam fora! deixei milho p eles e eu entro no viveiro 3x por semana p por ração ...será q eles me estranharam??? eles deven estar com 8 dias de vida ...posso alimente-los em cas , e qtas x ao dia???

jcesardutra disse...

Débora aconteceu algo que você não viu, pois não foi por causa de suas entradas no viveiro que eles abandonaram os filhotes. Tem que examinar o ninho para ver se tem algo anormal e os filhotes para ver se têm comida no papo. Caso contrário tem que alimentá-los sim. O ideal é quatro vezes ao dia porque não pode dar muito de cada vez. Pode ser usada uma seringa plástica (sem agulha) com uma papinha. Existe uma papa ideal para filhotes que vem pronta, da alcon psitacídeos. Tem que ir oferecendo cuidadosamente pelo lado do bico, se eles se acostumarem a comer assim não morrerão e ficarão supermansos pensando que você é a mãe deles. Se você entrar no site do Fernando Miroski Dutra, (criadouro f 13) tem um vídeo ensinando a alimentar. Valeu?

kelly elson disse...

bom dia eu tenho um periquito australiano que eu achava que era uma femea mas onten pela tarde vi ele(a) botadu comida na boca da fema na entedi isso
pode me esplicar esse caso ? e hoje vi ele antes de ir pra aula eles tentando se acasalar pode me esplicar isso por favor estou contado com vc!!!!
parabens pelo blogg

jcesardutra disse...

Kelly não é desta forma que se reconhece o macho e a fêmea de periquito. Tanto pode ser dois machos como duas fêmeas, pois esta ave tem as mesmas atitudes e fazem isto que você relata. Por isso que quando não for para reproduzir não importa o sexo da dupla, pois o que eles precisam é de companhia. Sê quiser reprodução tem que se certificar mesmo se são um casal. Se você procurar neste blog tem vários artigos explicando como é o macho e como é a fêmea. E alem disso tem diferença quando se trata dos periquitos chamados normais e dos recessivos etc. Se você tirar uma foto da carinha deles e mandar para o meu e-mail eu poderei tirar suas dúvidas, valeu?
jcesardutra@yahoo.com.br

kelly elson disse...

brigado mesmo mas eu ja tenho certeza que meu periquito e um macho
por que ele cruzou hoje com a femea

jcesardutra disse...

Boa sorte Kelly.

evandro disse...

ola dr. meu macho australiano fugiu e como pesquisei em seu blogg, oq ue comprei agora é um australiando ingles, e minha femea um periquito australiano, o macho tem as narinas azuis, mas nao eh tao forte igual ao que eu tinha...pq?
e existe a possibilidade dela se adaptar ao novo macho mesmo sendo outra especie de australiano, e haver um cruzamento??

obrigado

jcesardutra disse...

Evandro ele deve ser mais novo por isso ainda não tem a cera tão azul como o outro. Quanto a se acasalarem é questão de tempo, pois ela ainda lembra do outro. Valeu?

Cleverson disse...

Sr. Julio é possível formar um casal de irmãos de periquitos australianos para reprodução, ou não se recomenda. E se a femea é fiel a um unico macho, ou é possivel fazer troca de um casal apos algum tempo.

jcesardutra disse...

É possível acasalar irmãos mas não é idicado, pois futuramente aparecerão problemas como infertilidade. É possível também trocar os casais sempre, basta deixar um tempo sozinha (o) sem ver o outro e depois apresentar um novo companheiro (a).

Cleverson disse...

Muito obrigado pela resposta, muito grato

marcio alvarenga disse...

boa noite jcesar. Agradeco tua atencao. Li a tua resposta no blog. Gostaria de te fazer uma visitinha para conhecer tua criacao. Meu e-mail e marcioalvarenga@terra.com.br mande o número do teu telefone para poder manter contato. Obrigado
Alvarenga - (47) 9909 3079

jcesardutra disse...

Marcio meu telefone é (48) 3236 1691, nesta época(verão) ando muito pelas praias é bom ligar á noite pois muitas vezes estou fora. Valeu?

Fabio disse...

Boa tarde,
Num viveiro pequeno, que não seja para reprodução, posso colocar 1 fêmea e dois machos? Ou é melhor ter sempre em número par formando casais?

Obrigado!
Fabio.

Julio Dutra disse...

Pode sim, pois um vai se acasalar com ela e o outro fica só de amigo...rs na natureza eles vivem em bandos enão tem o mesmo número de sexos.

Ocorreu um erro neste gadget