Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Participação da Leitora Marcinha Cristinna

"Essa é minha primeira participação no envio de fotos e estou postando fotos de momentos em que o periquito estava alimentando a fêmea."(Marcinha)



"Meu filhote (Guilherme Waldick ) compeltou 8 anos, ama animais e está encantado com o ovinho!"(Marcinha)


Marcinha Cristinna muito obrigado pela sua participação!!!

Leia mais:

9 comentários:

Julio Dutra disse...

Marcinha muito legal estes seus pericos e eu gostaria de dar uma sugestão para a próxima ninhada ou temporada de cria. Esta sua caixa é um pouco pequena e a covinha onde ficam os ovos tem que ser um pouco mais funda, é melhor para que eles não rolem pela caixa . Dê uma lida no artigo sobre as caixas ninhos, vai te ajudar a melhorar no conforto dos periquitos.

Raquel Feltrin disse...

Bom dia tenho um periquito normal macho arco-íris que possui as quatro caracteristicas sendo ele uma ave um pouco pequena será que cruzando com uma fêmea inglesa opalina verde claro portadora de azul os filhotes serão maiores que o macho ou esse cruzamento não ajudaria. E qual a possibilidade de cores dos filhotes algum poderá ser arco-íris.

Jhonatan disse...

Julio me acudee!!
Tenhu filhotes 5 filhotes em uma caixa boa de tamanho! mas eu percebi que a caixa que e de madeira esta com fungos e eu estou apavorado!
Eu começei a colocar ceragem mas ainda nao esta adiantando! tenhu medo que meus periquitinhus morram!
outra coisa a gaiola nao fica muito no sol será esse o problema?
Bom desde-já agradesço!

Julio Dutra disse...

Raquel Feltrin com certeza se cruzares este "arco-íris" que é pequeno com uma fêmea padrão inglês, resultará em filhotes maiores que ele. Quanto às cores dos filhotes, acredito que sairão de todas as cores que o macho tiver e também e azul. O problema é saber exatamente como é este teu "arco-íris", mas aprincípio para nascer igual a ele teria que ser uma fêmea recessiva, opalina e face amarela, porém os filhotes continuariam pequenos. O problema de agregar muitas variações (mutações) num mesmo periquito é que diminui o tamanho dos filhotes.

marcelo disse...

boa noite, sou criador amador!!
tenho uma casal de periquitos (femea; azul-preto-branca e macho;amarelo c/ mancha nas verde nas costtas)..munca vi eles acasalarem mas ontem ela botou uma ovo e por descuido o ovo acabou saindo do ninho e quebrando. mas hoje 25/09 ela botou novamente.. gostaria de saber se esses ovos podem estar galados e oq devo fazer? pq é a minha 1 vez. é verdade q nao devo ficar mexendo na gaiola e a femea fica bastante tempo fora do ninho, sera q ela ja abandonou o ovo, tem tempo q ela fica horas chocandoo.. me ajudem por favor!!
obrigado e parabens pelo site, consegui esclarece muitas duvidas!!

Julio Dutra disse...

Jonathan coloque os filhotes numa caixinha á parte, limpe rapidamente a caixa ninho e passe um pano com álcool. Depois que o álcool evaporar, cuidando muito para não se queimar, coloque a caixa sobre uma boca do fogão direcionando o fogo sobre as paredes e sobre os fungos. Não precisa queimar a caixa, só uma flambagem de leve. Espere uns minutos para a caixa esfriar, devolva os filhotes e recoloque a caixa ninho na gaiola. Isto é o suficiente para a caixa ficar livre de fungos ou qualquer outro problema desse tipo.

Julio Dutra disse...

Marcelo de uma olhada nas fotos neste site e tente identificar exatamente seus periquitos, Me parece ser uma celeste com um Ar (arlequim recessivo) verde, ou uma ADA (arlequim dominante australiano) ou até um recessivo ou um ADA azul face amarela. Eu sei, parece difícil identificar, mas olhando as fotos e lendo as características de cada um facilita bastante. Digo isto porque com eles identificados poderíamos saber que filhotes esperar e se este acasalamento esta correto. A caixa ninho colocada na gaiola tem que ter uma covinha suficientemente funda para os ovos não rolarem com facilidade. As caixas compradas prontas já vêm desta forma. Sê a fêmea esta pondo então provavelmente o macho já á galou e você não viu. Ela só vai para o ninho chocar e permanece quase todo o tempo lá depois do terceiro ovo. Antes disso ela entra e sai todo o tempo.Quanto a mexer na gaiola, não tem problema, não pode é ficar movendo a gaiola do lugar. Ela tem que ficar em um lugar fixo e não tirar mais deste local.Capriche na alimentação, de cálcio para eles, existe em pedras e também o tipo osso de ciba ou de choco como chamam.

marcelo bueno disse...

analisando outros sites, julio.
percebi q pode ser a femea celeste e o macho um arlequim recessivo..oq pode dar os filhotes??

Julio Dutra disse...

Marcelo se acasalar uma celeste com um arlequim recessivo, depende de várias informações para se saber como serão os filhotes, primeiro da cor deste arlequim recessivo, pois se ele for verde e não portar azul, os filhotes vão ser todos verdes portadores de azul. Sê ele for azul os filhotes serão todos azuis, se for verde portador de azul, então os filhotes serão verdes/az e azuis. Quanto à variedade da espécie, vai depender também se a celeste porta Ar (arlequim recessivo). Sê ela portar nascerão, normais e arlequins recessivos, sê ela não portar Ar, nascerão somente normais portadores de Ar. Na genética é assim, tem uma hierarquia, o verde domina o azul, o normal domina o recessivo e para equilibrar isto usamos os portadores.

Ocorreu um erro neste gadget