Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Fotos da Semana!!!









imagem-0101


Caprichou no topete.


Cobalto com um fator violeta, macho jovem.

26 comentários:

Marlon disse...

Linda ave. Os que eu comprei aí também estão bem topetudos, e estão trocando as penas do topete. Umas jóias. Abraços!

jcesardutra disse...

Valeu Marlon, um abraço.

guilherme disse...

julio estarei te mandando fotos dos meus periquitos, um de minha fema e de um outro macho que tenho, a femea depois de uma lenta recuperaçao de uma grave mal postura,ela nao conseguia nem andar, hj ja esta solta na gaiola e escala pela gaiola, ja esta com seu machinho um sucesso,mas, a uma das asa dela ficou meio caidinha, como estivisse tortinha, estarei te mandando a foto pelo seu email de contato, e o de um macho que tenho que nao sei se é muda francesa, pois nao sei se estao crescendo novas penas, estarei te mandando as fotos e gostaria se voce fizesse uma materia falando se a muda francesa tem cura,tratamento ,se é contagiosa, alimentaçao diferenciada, etc... seu e-mail ainda é o mesmo estarei te mandando as fotos pelo e-mail, a femea e a albina de face amarela e o macho um azul

Alessandro Corrêa - Criad. Stª Maria disse...

Primeiramente parabéns pelo filhote, muito bonito mesmo, mais me desculpe retificar uma coisa, ok? Não são topetes, não temos periquitos topetudos no Brasil, o que seu filhote tem e uma ótima altura de cabeça, que para alguns criadores chamam de "armação". Essa altura de cabeça é uma das caracteristicas do padrão inglês. Grande abraço ao amigo Julio e aos internautas desse site.

Allison Rodrigues disse...

Bom dia Julio Cesar,

E o seguinte, tenho dois filhos de periquitos australiano e um dos filhos não quer sair do ninho, pois todas as vezes que sai, o pai o agride. Considerando que eles ainda não se alimentam sozinhos o que fazer nesta situação?

jcesardutra disse...

Tudo bem guilherme, só que em casos mais severos de muda francesa eles nunca mais voltam a empenar.

jcesardutra disse...

Allison nesta faze costumamos separar o pai para outra gaiola e a mãe termina de criar sozínha. Caso a mãe não alimente bem, ou você ajuda a alimentar na mão ou separa a mãe e deixa o pai sozínho com eles que o pai para de agredir e alimenta os filhotes. É claro que tem que ficar observando pra ver o que vai acontecer.

jcesardutra disse...

Valeu Alessandro foi uma força de expressão, eu quis me referir ao tufo de penas na armação da cabeça dele e o termo se chocou com a palavra topete dos periquitos topetudos, aquela variedade aque te referes. Eu fui informado que alguém cria em São Paulo, mas não me confirmaram. E dai? vamos contar com a tua presença aqui em Florianópolis nos campeonatos em abril ? O Cardoso esta agitando toda a galera do Brasil a fora para ser uma grande festa. Abração, estou planejando para em médio prazo fazer uma visita a minha ex-cidade, Santa Maria e com certeza deverei agendar uma visita para conhecer suas aves de perto. Abraços, Julio

Alessandro_Criad;StªMaria disse...

Tudo resolvido então. Com certeza estou mobilizando o pessoal daqui para irmos em um micro ônibus. Aproveitando a comunicação pergunto ao amigo a indicação de hotel, mais perto possível do curiodromo. Podes me mandar por e-mail. Grande abraço.

Susan Hirata disse...

Caro Júlio,
Procurando na Internet material de orientaçãoque ensine como segurar de forma correta um periquito (para poder administrar-lhe medicação), encontrei o seu blog. MInha periquita, Bolinha, infelizmente está com "muitos cistos", por disfunção hormonal. Não necessariamente devido às múltiplas posturas que teve ( total 5, das quais 3 geraram filhotes ), podendo ter ocorrido independente delas,como informou-me a veterinária. O fato é que, infelizmente,já não voa mais livre dentro da sala, resguardando-se dentro do ninho, pois sua barriga está muito grande. Alimenta-se bem,e foi-lhe indicado um remédio, e como último recurso a cirurgia, devido o risco de vida a que estaria sujeita.Tem o seu periquito , um casal muito especial,que tem estado sempre atento a ela, alimentando-a na boca e sempre muito carinhoso.
O Sr. já ouviu falar de periquitas que sobrevivem a este tipo de cirurgia?
Grata,
Susan Hirata

jcesardutra disse...

Susan Hirata não sei se voçê já teve a oportunidade de dar uma olhada no blog do amigo Fernndo Miroski Dutra, aqui de Itajaí, Santa Catarina. Ele tem um artigo escrito e mostrado como se faz em diversas fotos fantásticas. O blog é o "criadouro f13" e o artigo é alimentando filhotes na mão. Vale a pena dar uma olhada. Quanto a sua fêmea, eu como criador não acho interessante que ela estando com o macho continue com uma caixa ninho na gaiola. Ela deve ficar em um ambiente maior, mesmo que volte a dormir na gaiola, para se exercitar e emagrecer um pouco (mas sem caixa ninho). Quando as fêmeas ficam muito tempo em uma caixa nino eleas criam uma camada de gordura na barriga e um calo duro (couro) por cima, e tamém engordam além da conta. Isto agrava qualquer outra situação. Eu nunca tive experiência com cirurgia, acho que o risco é muito grande. Penso que devias colocá-la para andar mais, tomar banhos de água fria e fazer uma dieta com painço por uns 15 dias. É claro que observando cada dia o que acontece. Ela emagrecendo e não tendo mais caixa ninho se exercitará e vai melhorar muito o estado geral. Depois disso fica menos difícil com os cistos. Eu não submeteria minhas periquitas a uma cirurgia, é minha opnião de criador. Com a caixa o macho fica induzindo a reprodução e ela mesma fica com um estado psicológico constante de reprodução e isto é pior para os cistos. Espero ter ajudado.

jcesardutra disse...

Valeu Alesandro, Florianópolis nos dias de hoje ainda esta com muitos turistas, vou dar uma olhada e te respondo em seguida. Acredito que em abril quando os turistas estiverem ido fica mais fácil, mais barato e sobrarão vagas. Mas olharei isto ainda esta semana e te respondo.

Marlon disse...

E onde será o evento? No curiódromo da ilha, na Beiramar Norte?

jcesardutra disse...

Com certeza!

jhonatan disse...

oi jocesar!
Cah estou eu novamente te procurando.rsrsrs
Olha eu estou com uma dificuldade imenda de saber o sexo do meu filhote ele ja tem 3 meses e sua cera permanece do mesmo jeito quanto antes.Li nos eu blog sobre albinos e outras raças que os machos nao aprecentam a cera azulada sera que ele e de raça diferente?Bom ainda pra piorar minha periquita a unica que eu formei um casal caiu voando dentro da gaila de 1 metro quadrado que fiz a eles e machucou a pata ai eu dei dicofleta 2 gotas na 3 doze ela parecia estranha e logo na manhã seguinte amanheçeu morta ;/ Uq sera aconteçeu?
O macho dela ta sentindo muita falta dela!eu estou lutando pra conseguir uma femea mas nas veterinaria nao ah nenhuma desde o ano passado!
QUeria que esse filhote de 3 meses reproduzisse com o macho o pai mas e muito novo neh?
BOm esta ai todas as minhas perguntas quando der mando uma foto do filhote pro seu email que eh??
ATe mais vlw

Yuri disse...

Oi, Julio!
Posso colocar 2 machos e uma femea na mesma gaiola com um ninho...? Os dois podem galar ela ou ela escolhe um dos dois? E se ela escolher um deles, eu preciso retirar o outro ou deixo do jeito que está?
obrigado

jcesardutra disse...

Jhonatan este é muito novo e se for fêmea só deve ser acasalado para reproduzir, ou seja, com caixa ninho no local quando tiver mais de oito meses. Se for colocada anres disso corre um grande risco de ter ovo entalado e morrer. O ideal seria trocar este filhote por uma fêmea adulta. Não conheço este medicamento chamado dicofleta mais deve ter sido ele que matou a fêmea. So podemos dar para as aves os medicamentos próprios para eles.

jcesardutra disse...

Yuri ela vai escolher um e depois retire o outro para não atrapalhar. Se você quer a maneira mais rápida e tranquila, deixe ela sozínha na gaiola com a caixa ninho e depois de uma semana coloque junto dela o macho que julgares melhor, se ela não aceitar de imediato então retire e apresente o outro.

jhonatan disse...

Obrigado! hj eu percebi que o filhote de 3 meses entra e sai da caixa(ninho)e o pai ja fica so perto dela e tals..
DEvo tirar a caixa ninho da gaiola?ou eu ja posso colocar eles dois juntos nume gaiola pequena para ja formar o casal?sim e com quantos meses eu posso ter a certeza que e femea ou macho?
Bom hj eu tiro uma foto dessa filhote e mando para o seu email=D
Bahh.. mas aqui em alegrete não tem ninguem que crie piriquito nas veterinarias ta parado a venda.por isso que quero formar um casal com esse filhote!
Obrigado

suanny disse...

oi tenho uma criacao de periquitos ja faz anos.Mais a algum tempo uns vem brigando e na briga eles adoencem e ficam fraco e morrem, nao sei o que fazer por favor mim ajudem!

jcesardutra disse...

Suanny são as fêmeas que brigam e se matam e matam também os filhotes umas das outras. Provavelmente tem fêmeas sobrando ou o espaço é insuficiente para o número de casais e o mais importante ainda: tem que ter várias caixas ninhos de sobra senão uma invade a casa da outra e a outra fica sem opção de uma casa para ela. Os criadores de exposição criam cada casal em uma gaiola para eliminar este problema, mas em criação coletiva tem que ter muito espaço, distancia entre as caixas e muita caixa sobrando. Podes crer que é só isto, abraços, Julio.

Murilo Pereira disse...

Ola. Tenho dois casais de periquitos australianos, um em cada gaiola. Um casal, a femea ja esta botando com apenas 11 dias de acasalamento e o outro casal ja estam acasalados a 34 dias e ate hoje a femea nao deixou ser coberta pelo macho. Ele tenta e, as vezes ele consegue subir em cima dela (a força) e ela bate nele. Isso começou no 15° dia e eu pensei que ela iria ceder nas ate hoje ela nao deixa. As vezes ela ate que deixa, mas depois que ele sobe ela nao deixa mais. Eu nao consigo entender, e a femea quase nao entra no ninho. Eu sei que estou sendo "um pouco precipitado com a reproduçao dos meus periquitos". O que voce acha que eu devo fazer "tomar alguma atitude ou esperar que a natureza me traga lindos filhotes?"

jcesardutra disse...

Murilo eu sempre desconfio da possibilidade de não ser um casal, terás que certificar, pois conheço istórias de casais ditos certos mas realmente eram dois machos ou duas fêmeas. Tem que observar se a fêmea não é muito jóvem, ou que ela ainda não esteja pronta e depois de algum tempo ela muda. Acontece também casais que formamos e um não aceita o outro, neste caso seria aconselhável trocar a fêmea por uma mais madura. Tudo é questão de observação e realmente quando estiver tudo certo a natureza se encarrega. Outro truque usado é colocar o macho em outra gaiola e deixá-la sozinha por uma semana, depois quefor observado que ela esta entrando bastante na casinha então se devolve o macho e muitas vezes ela o aceita imediatamente. (porém tem que observar se ela não começou a postura, pois se ela por um ovo devolve-se o macho imediatamente.

CARLOS disse...

dutra,queria saber se piriquitos irmãos criam?

jcesardutra disse...

Carlos eles criam mais não é muito recomendado, melhor meio irmãos e primos ou estranhos.

Julio Dutra disse...

Aproveito o espaço para divulgar o novo e-mail.

julio@vidadeperiquito.com.br

O e-mail anterior foi desativado

Ocorreu um erro neste gadget