Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

terça-feira, 16 de março de 2010

Aves do criadouro "Vida de Periquito"

Nas fotos que seguem podemos conferir nesta ordem: vemos uma linda fêmea verde claro asa canela; Duas fotos do casal: macho normal celeste e fêmea cintilante celeste. Seguinte, vemos duas fotos de outro macho normal celeste, observe o novo modelo do topete dele. A próxima foto ficou um pouco longe e não valorizou muito o porte do Arlequim recessivo verde claro, mas creia, ele é bacanésimo. Embaixo mais um celeste e na última foto um casal que foi unido com a intenção de escurecer ainda mais os filhotes cinza que serão utilizados no futuro para intensificar a tonalidade de outra cor que esta sendo estudada.














Leia mais:
Aves do criadouro Vida de Periquito - Geração 2º semestre de 2009
Quinteto lutino
O Arlequim Dominante Australiano - ADA
Cores no periquito australiano. (azul celeste)
Fotos bem sucedidas.

7 comentários:

Anônimo disse...

eu tenho um casal de periquitos, uma lutina e um azul medio, eles deram uma filha amarela mais não lutina, dps de algum tempo eu acasalei essa amarela com um azul escuro que nasceu um verde escuro depois de algum tempo eu acasalei o verde escuro com uma amarela, que nasceu 1 amarela 1 lutina e o verde, eai? alguem é portador de ino?

davi evangeelista de paiva disse...

que cor de periquitos devo comprar pra nascer filhotes albinos?

Julio Dutra disse...

Camarada o segundo azul é portador de ino e passou isto para o verde escuro e este com amarela conseguiu uma filha lutina. Sê tiveram filhos (machos) também estes tem possibilidades de serem portadores.

Julio Dutra disse...

Davi Evangelista para conseguir filhotes albinos á princípio você terá que comprar um casal de albinos. Sê conseguir apenas um macho albino e então acasalar com uma fêmea azul, poderá também conseguir filhotes fêmeas albinas e filhotes machos azuis portadores de ino. Macho normal portador de ino (azul ou cinza), também serve para cruzar com albina ou mesmo com fêmea azul, apenas diminui a quantidade de filhos albinos. Sê encontrar lutino portador de azul também dá. Observação: Somente os machos podem portar ino, as fêmeas são ou não inos, mas não portam.
Caso você desconheça, inos são os albinos e os lutinos. Albinos quando acasalados com azul e lutino quando acasalado com verde.

Anônimo disse...

Gostaria de saber porque a periquita que estou criando só põe os ovos fora do ninho? E o pior é que os cinco ovos quebraram. Preciso de uma orientação. Grata
Jerusa Dantas

Julio Dutra disse...

Jerusa isto é muito chato mesmo, uma vez eu reclamei para uma periquita e ela me disse que o ovo é dela e ela bota onde quiser. Rsrsrsrsrs.... é claro que é uma brincadeira só para descontrair, mas até parece que algumas agem assim mesmo. O ideal seria conseguir um ovo dela e colocar no ninho, muitas periquitas depois disto acabam se acostumando com o local correto. No teu caso, o melhor é comprar um ovo plástico destes que são usados por criadores de canários e colocar no ninho. Quase sempre da certo. É comum elas acertarem á partir da segunda postura. Por proteção diminua a altura entre os poleiros e o fundo da gaiola e quando estiver perto de recomeçar a postura retire a grade do fundo da gaiola e coloques serragem na bandeja (fundo) para que o ovo não quebre ao ser colocado e o devolva para o ninho. Algumas são tão danadas que quebram o ovo natural colocado no ninho, sê acontecer isto então guarde em uma caixinha os dois primeiros deixando o de plástico no ninho e quando ela colocar o terceiro então junte com os dois e retire o de plástico. São manobras que se faz quando algumas fêmeas põem ovos fora da covinha do ninho ou mesmo pondo no ninho comam os seus próprios ovos. A razão de juntá-los depois é porque neste momento ela já estará mais choca e aceitará deitar sobre os ovos. Boa sorte, Julio.

Julio Dutra disse...

Aproveitamos a oportunidade para divulgar o novo e-mail, onde o leitor poderá estar enviando perguntas e anexando as fotos para verificar dúvidas e/ou plubicar no blog.
julio@vidadeperiquito.com.br

Ocorreu um erro neste gadget