Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Contribuição da Nariella

Hoje a leitora Nariella esta nos presenteando com esta foto deste lindo face amarela ADA cobalto.




Vamos então analisar a figura:

A cor desse periquito é azul cobalto, se ele não fosse face amarela então seria quase totalmente branco. Por possuir a mutação face amarela, esta infiltra por todo o corpo transformando o que era branco em amarelo. Apesar de poucas marcações (chama-se mal marcado) ele é um ADA (Arlequim dominante Australiano). A fêmea indicada para ele é sempre uma azul, de preferência uma azul clara (celeste) que seja grande, para melhorar o porte dos filhotes.

Leia mais:

Primeira cria do ADA celeste gold com a opalina cobalto.

Resposta ao leitor: Arlequim recessivo (Ar).

As cores nos periquitos australianos.

O Arlequim Dominante Australiano - ADA

4 comentários:

Edson disse...

Olá,eu tenho um casal de periquitos (Um que parece ser Roxo e uma verde clara)que teve um filhote a mais ou menos 1 semana e o pé do filhote esta cheio de fezes dele a da mãe dele.Como eu posso tirar as fezes do pé dele sem machuca-lo?

Julio Dutra disse...

Edson eles devem ser limpos e o ninho também. Use água morna quase quente, 40º. Com ajuda de um pedacinho de pano ou esponja. Puxe com cuidado para não ferir as unhas ou os dedos dos filhotes. Tem que rever a alimentação deles, deve ter algo muito laxante ou com muita água que deves retirar por enquanto.

Emerson Guimarães disse...

Acho que aqui não é o lugar correto para perguntar isso mas quebra o galho, ok?

Tenho um casal de periquito em um gaiolão e gostaria de muda-lo para uma gaiola menos, posso fazer isso, esse casal tá com dois filhotes (lutinos) posso passa-los para essa gaiola sem prejudica-los?

Agradeço desde já e fique na PAZ.

Julio Dutra disse...

Emerson Guimarães eu discordo de você, pois aqui é o lugar certo para perguntar isto e qualquer outra dúvida que envolva "periquitos". Pode mudar de gaiola sim, só não pode mudar de caixa ninho. Sê ainda estão na caixa, mude com eles dentro da caixa e se possível com a fêmea dentro também. Quando estiverem na nova gaiola com o macho junto então deixe que a fêmea saia de lá quando quiser. Eles reconhecerão a caixa ninho e os filhotes, só não pode nunca é trocar os filhotes para outra caixa, a fêmea não aceita. Sê já estiverem fora da caixa melhor ainda, e se mesmo assim a fêmea não quiser mais tratar deles deixe que o macho termine de tratar sozinho, colocando a fêmea em outra gaiola. E se nenhum deles quiser tratar mais, e isto acontece até na mesma gaiola quando os filhotes estão crescidos, faça a mesma coisa, deixe que o macho termine de tratar sozinho. Muitos casais na pressa de começar nova postura expulsam e batem nos filhotes para que eles saiam e não atrapalhem. Neste caso e um pouco antes das agressões começarem devemos deixar que o macho termine o serviço sozinho, depois que puder separar os filhotes é só devolver a fêmea.

Ocorreu um erro neste gadget