Crystal Catcher - jogo super divertido para iPhone e Android

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Ampliando a probabilidade de filhotes violetas visuais.

Uma fêmea violeta visual com um macho verde escuro portador de azul.


Leia também:
- Resposta ao leitor: Arlequim recessivo (Ar).
- DISMORFISMO SEXUAL
- AS CORES NOS PERIQUITOS AUSTRALIANOS
- Periquito Australiano "Padrão Inglês"

8 comentários:

Marlon disse...

Grande Mestre, Essa fêmea é violeta? Na foto parece uma Az cobalto, cuja cor é muito parecida com a fêmea que tenho (a minha tem face amarela). De qualquer forma, formam um belíssimo casal. Boa sorte com eles.

Anônimo disse...

eu poderia colocar um macho ingles com uma femea australianinha.

Anônimo disse...

ayslan: Julio para acabar com os piolhos dos periquitos e so colocar vinagre na agua ou tem outro tratamento???

Julio Dutra disse...

Marlon tenho que ver qual é o segredo das fotos para os violetas, sempre ficam parecidos com cobalto, mas esta é uma violeta mesmo, e bem intenso o tom.

Julio Dutra disse...

Eu só trabalho com padrão inglês, mas eles podem ser cruzados com os australianinhos (os pequenos), sem problemas pois são a mesma espécie. Acredito que um macho australianinho consiga cobrir uma fêmea inglesa com mais facilidade, pois os machos ingleses são mais desajeitados e teriam mais dificuldades em cobrir uma fêmea pequena demais para ele. Acredito, nunca tentei.

Julio Dutra disse...

Ayslan não me complica, eu escrevi em algum lugar que colocar banheira com áua e algumas gotinhas de iodo ou de vinagre ajuda a manter as pragas afastadas dos pássaros e aves. Mas se já esiverem infestados com piolhos tem que usar o pó piolhaves ou com cuidado usar SBP a base de água.

Luís Carlos disse...

Boa noite Júlio já fiz v´zrios acasalamentos com o macho inglês e a fêmea comum, deu tudo certo eles pegam sem problema. Um forte abraço e parabéns pelo site.

Julio Dutra disse...

Valeu Luís Carlos, foi preciosa sua colaboração. Eu nunca acasalei machos ingleses com fêmeas australianinhas (pequenas) acreditava que seria mais provável um macho pequeno com uma fêmea inglês. Então de acordo com sua experiência eles pegam sem problemas. Isto facilita bastantes aschances da turma que gosta de criar os belos mestiços.

Ocorreu um erro neste gadget